Banco de Informações de Tecnologia e Equipamentos para Supermercados

Notícias

26/08/2019

97% dos consumidores pesquisam no e-commerce antes de visitar lojas

A crescente integração entre os meios online e off-line tem acabado com as diferenciações mais concretas que existiam entre eles, diluindo cada vez mais essa fronteira. De acordo com uma pesquisa realizada pela CNDL (Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas) e pelo SPC Brasil (Serviço de Proteção de Crédito), no intuito de analisar os hábitos de compra e o perfil de consumidores das 27 capitais brasileiras, 97% das pessoas realizam pesquisas online antes de efetuar uma compra em lojas físicas. 

Sobre a pesquisa 

O estudo levou em consideração, em um primeiro levantamento, 904 consumidores que realizaram compras pela internet nos últimos 12 meses. Posteriormente, 800 pessoas continuaram respondendo o questionário em relação a alguma compra efetuada ao longo desse período. 

84% dos entrevistados realizam o caminho inverso 

A pesquisa também constatou que 84% dos entrevistados preferem realizar a pesquisa prévia em lojas físicas, para depois finalizar a compra em um site. No ranking de produtos mais procurados, eletrodomésticos lideram com 43%, seguidos por smartphones, com 41%, moda e acessórios, com 34%, e eletrônicos, também com 34%. 

A procura por determinados produtos se deve ao fato de os consumidores atrelarem alto valor à experiência de compra. Mais da metade deles (51%) acredita que é possível ter uma melhor demonstração do produto nas lojas físicas. Além disso, as lojas físicas também têm um desempenho mais satisfatório nas categorias negociação de preços (56%) e trocas (62%). 

Na contramão das compras em lojas físicas, os aplicativos e sites estão conquistando mais espaço entre os compradores, principalmente por oferecerem preços diferenciados (74%), flexibilidade de horários para compras (72%) e mais conforto, já que o produto chega na casa do cliente (69%).

Preços oferecidos online são maior obstáculo para lojas físicas. 

Nesse ponto, reside a maior vantagem das compras em lojas virtuais sobre as físicas. De acordo com os dados coletados, 62% dos estabelecimentos físicos não são capazes de cobrir os preços oferecidos pelos e-commerces. Dentre os vendedores de lojas físicas, 37% buscaram fornecer outros benefícios e 25% não mostraram flexibilidade ao negociar a oferta. 

Ainda assim, uma pequena parcela (23%) cobriu a oferta, em que 13% cederam o mesmo desconto e 9% conseguiram proceder com um desconto ainda maior. 

Isso mostra o quanto o e-commerce continua sendo uma grande válvula de investimento para vendas, já que o consumidor continua sendo atraído por bons preços, comodidade e flexibilidade. 

E-commerce oferece produtos de qualidade por preço diferenciado, como a cinta modeladora Yoga 

É claro que os custos de manter espaços físicos são muito superiores para os lojistas, o que reflete no preço final do produto, mas tudo indica que a maior vantagem disso para o consumidor é a possibilidade de adquirir produtos de qualidade, como a cinta modeladora Yoga, por um preço mais em conta. 

A cinta modeladora Yoga, além de estar disponível em diversos modelos e tamanhos, que podem ser adquiridos diretamente pelo site e recebidos em casa, é confeccionada em tecido desenvolvido exclusivamente pela marca, trazendo resultados mais efetivos e conferindo maior durabilidade à peça. 

Fonte: Exame

 



TAGS

bits tecnologia supermercado



Veja mais notícias

>> clique aqui para ver todas as notícias

Publicidade

developed by atr2japan Copyright 2012 - 2019 - Abras - Todos os direitos reservados