Banco de Informações de Tecnologia e Equipamentos para Supermercados

Notícias

09/08/2019

Como Amazon e Carrefour se transformam para atender os consumidores

Munido de informações, consciente, ávido por novas experiências e em busca do melhor custo benefícios, o consumidor mudou e impõe mudanças a varejo. O LATAM Retail Show traz ao palco representantes de duas empresas que buscam a transformação todos os dias: Alex Szapiro, VP da Amazon Brasil e Noël Prioux, CEO do Carrefour Brasil. O painel “O consumidor e as transformações do consumo” acontece na tarde de 29 de agosto, último dia do evento, no Expo Center Norte. 

Noel Prioux assumiu como CEO da rede no Brasil em outubro de 2017. O país tem a segunda maior operação do Carrefour no mundo, atrás apenas da França.  O Carrefour Brasil teve lucro líquido ajustado de R$ 419 milhões no segundo trimestre, aumento de 11% sobre o mesmo período do ano passado, puxado principalmente pela unidade de atacarejo Atacadão.

Outro destaque para o bom desempenho é a aceleração do ecossistema omnicanal da marca. Houve crescimento de 70% no GMV (volume bruto de mercadoria) no 1º semestre – ante 7% no mesmo período do ano anterior.

A rede registrou ainda aumento de cinco vezes nas vendas do e-commerce alimentar no segundo trimestre de 2019, em relação ao mesmo período de 2018, impulsionado pela melhora nos serviços retire de Carro, side-stores e entrega expressa – disponível em 88 lojas e 22 cidades no final de junho.

O Carrefour investiu ainda em novos pontos de contato para conectar clientes ao ecossistema, com inauguração de novas lojas Atacadão, parceria de entrega de alimentos online com a Rappi. Além disso, implementação de diversas parcerias para aumentar a proposta de valor com outras redes como Magazine Luiza e Swift, dessa forma aumentando o tráfego de clientes nas lojas.

Szapiro foi o responsável pelo início das operações da Amazon no Brasil em 2012, incluindo os lançamentos do Kindle, Consumer Business, App Store e Prime Video. Em sete anos no país, a companhia atua na venda de 19 categorias de produtos.

A experiência brasileira fez a holding exportar para México e Estados Unidos práticas como o parcelamento, de 10 a 12 vezes sem juros. A companhia tem optado pela expansão gradual no mercado do Brasil.

Alguns resultados chamam atenção: em seu Amazon Day, realizados nos últimos dias 15 e 16 de julho, a empresa registrou um maior número de unidades vendidas no Amazon Day desta semana do que na Black Friday de 2018.

A companhia vem ganhando mercado aos poucos no país, com pensamento a longo prazo. Em janeiro, a empresa abriu um centro de distribuição em Cajamar, em São Paulo, com 47 mil metros quadrados e com muita tecnologia.

Atualmente o Brasil é o país que mais cresce em vendas de Kindle. Um dos próximos destaques deve ser a chegada ao país da inteligência artificial Alexa e seus alto-falantes inteligentes Echo ao mercado brasileiro. A Amazon já liberou o kit de desenvolvimento de capacidades para a Alexa em português.

Fonte: Mercado e Consumo

 



TAGS

bits tecnologia supermercado



Veja mais notícias

>> clique aqui para ver todas as notícias

Publicidade

developed by atr2japan Copyright 2012 - 2019 - Abras - Todos os direitos reservados