Banco de Informações de Tecnologia e Equipamentos para Supermercados

Notícias

06/04/2018

E-commerce deve faturar R$ 77,5 bi ao longo do ano

 As cifras superam as expectativas da consultoria, que desde 2015 observa no comércio eletrônico nacional registros estáveis ou quedas do indicador, que chegaram a ultrapassar a casa dos 2%. De acordo com eles, entre as causas que contribuem para o reaquecimento do e-commerce neste ano são as ações de operadoras de telefonia e meios de pagamentos para estimular o consumo e o pagamento via internet. 

Segundo a pesquisa, 23,5% das transações financeiras online serão via plataformas mobile. "O crescimento exponencial se dá por um esforço conjunto entre operadoras, meios de pagamentos, varejistas e o próprio consumidor, que enxerga cada vez mais comodidade e segurança", diz o CEO da E-Consulting, Daniel Domeneghetti. 

A expectativa é que, em 2018, 84% dos brasileiros realizem pagamentos por meios online. Dentre as principais razões do consumidor usar as plataformas eletrônicas estão comodidade (55%), confiança (46%), segurança (44%) e agilidade na hora do pagamento (26%).

A pesquisa também aponta que a previsão do tíquete médio de compras do brasileiro aumentou e será a maior dos últimos cinco anos. Segundo a consultoria, o cliente virtual estará disposto a gastar R$ 319 em 2018, R$ 6 a mais do que em 2017, que foi R$ 313 e R$ 13 a mais do que 2015. 

A previsão é que os itens de saúde e beleza sejam os mais vendidos, sendo 22% do total de transações. Seguido por, moda e acessórios (18%) e eletrodomésticos e produtos de informática (17%).

Fonte: DCI



TAGS

bits tecnologia supermercado



Veja mais notícias

>> clique aqui para ver todas as notícias

Publicidade

developed by atr2japan Copyright 2012 - Abras - Todos os direitos reservados