Banco de Informações de Tecnologia e Equipamentos para Supermercados

Notícias

26/10/2017

Autoatendimento: um caminho sem volta

A tecnologia é uma grande aliada das pessoas ao trazer praticidade. Ações cotidianas como ir ao supermercado, utilizar o transporte público ou até mesmo pagar o estacionamento têm se tornado mais ágeis e seguras por meio de um sistema que ganha mais adeptos: o autoatendimento. Consultorias apontam que mais de 60% dos brasileiros pretendem utilizar este recurso nos próximos anos. Trata-se de um hábito conveniente e eficaz que agiliza a rotina de diversos setores.

Empresas do segmento devem manter-se atentas ao cenário atual para criar soluções inovadoras que respondam às demandas desta transformação digital. Organizações como o Grupo Digicon, formado pelas companhias gaúchas Perto e Digicon, ganham destaque ao apresentar tecnologias que integram diferentes funções em plataformas inteligentes e sustentáveis.

São várias as demandas presentes no cotidiano, a exemplo do pagamento de estacionamentos, que requer praticidade e segurança. Através de pesquisas, a Digicon desenvolveu um equipamento voltado à questão, incorporando outros serviços, como recarga de telefone e de cartões de transporte público. Além de aceitar moedas e cartões de crédito ou débito, o Terminal de Autoatendimento para Mobilidade Urbana agrega funções e preserva o meio ambiente, pois funciona com energia solar.

Nota-se que o setor dos transportes é um dos principais beneficiados pelo conceito do autoatendimento. No Metrô, acostumamos a ver terminais que recebem pagamentos em diferentes espécies e que, agora, facilitam o troco. Equipamentos como o PayStation, da Perto, contribuem nesta função e integram diferentes sistemas modais, como fluviário e rodoviário, ao emitir e recarregar cartões-bilhetes de transporte.

Nos aeroportos, as filas de check-in foram reduzidas a partir do autoatendimento. A solução PertoKiosk, por exemplo, permite a consulta, leitura de cartão, pagamento, impressão, entre outros recursos. As tecnologias também contribuem na segurança no tráfego de usuários.

O sistema dFlow, criado pela Digicon, traz o moderno conceito de SBG (Self Boarding Gate), no qual o próprio passageiro passa o seu cartão de embarque para ser validado e poder acessar a área restrita do terminal.

Até dentro dos supermercados, a espera nos caixas estão com os dias contados. Alguns estabelecimentos já adotam alternativas para diminuir filas, principalmente de usuários que compram poucos produtos.

Nesta linha, a Perto desenvolveu um caixa Self-Chekout (autoatendimento, em inglês), onde o próprio cliente confere preços dos produtos, os registra e realiza o pagamento.

Eis alguns exemplos de como esse tipo de solução pode trazer praticidade e como companhias, a exemplo do Grupo Digicon, têm olhado para o futuro. A população já se mostra acostumada com essas novas tecnologias que vieram a fim de melhorar os serviços a usuários e empresas no país.

Fonte: DCI São Paulo

 

 



TAGS

bits tecnologia supermercado



Veja mais notícias

>> clique aqui para ver todas as notícias

Publicidade

developed by atr2japan Copyright 2012 - Abras - Todos os direitos reservados