Banco de Informações de Tecnologia e Equipamentos para Supermercados

Notícias

11/07/2017

Só 1,6% dos acessos a lojas virtuais se transformam em negócio

São Paulo - Das mais de 1,6 bilhão de visitas mensais às lojas virtuais brasileiras, apenas 1,6% (ou 25,9 milhões) são convertidas em vendas, aponta estudo encomendado pela Braspag e realizado pela Netrica, plataforma de digital analytics da empresa Netquest.

O levantamento, referente ao mês de março, dividiu o e-commerce brasileiro nas categorias travel e shopping. A travel, que inclui vendas de passagens, hospedagens e pacotes turísticos, apresentou um desempenho de conversão de vendas superior à categoria shopping, que engloba os segmentos de eletrônicos, moda, esportes, pets, games, farmácia, ingressos e brinquedos.

Por categoria

A taxa de conversão, que registra o número real de compras efetivadas, ficou em 2,1% do total de visitas na categoria travel e 1,5% na categoria shopping, chegando na média total de 1,6%. Os setores que apresentaram as maiores taxa de conversão foram os de: ingressos, farmácias e telecom. Já as menores taxas foram registradas nas vendas on-line de cupons e brinquedos.

O levantamento indica ainda que o tempo médio dos usuários gasto na internet é de 60 horas e 35 minutos por mês.Já dentro do e-commerce, o tempo é consideravelmente inferior. Na categoria shopping os usuários ficam em média 1 hora e 23 minutos on-line, enquanto na categoria travel os consumidores navegam 19 minutos e 20 segundos por mês, considerando computadores e dispositivos móveis (como smartphones e tabletes).

Um dos aspectos que impacta negativamente no resultado de vendas, segundo o estudo, são as fraudes no comércio eletrônico, que acabam inibindo os consumidores de finalizarem suas compras.

 

Fonte: DCI São Paulo

 



TAGS



Veja mais notícias

>> clique aqui para ver todas as notícias

Publicidade

developed by atr2japan Copyright 2012 - Abras - Todos os direitos reservados