Banco de Informações de Tecnologia e Equipamentos para Supermercados

Notícias

07/01/2013

Prévia da CES 2013 mostra novos dispositivos inteligentes

 

 

 Confira ideias e produtos que estarão na feira de eletroeletrônicos.

Expositores mostram garfo emagrecedor e celular a prova de líquidos.

 

Dispositivos inteligentes e aplicativos que vão muito além dos smartphones e televisores estão entre as tendências da feira de eletroeletrônicos Consumer Electronics Show (CES) 2013. O evento tem início na próxima terça-feira (8 de janeiro), em Las Vegas, nos Estados Unidos, mas alguns expositores costumam adiantar novidades durante uma prévia do evento, a CES Unveiled, no domingo (6). Veja algumas ideias e novidades que estarão na feira.

 
Talher inteligente

Depois dos smartphones e das smarTVs, engenheiros franceses da HappyLabs criaram os talheres inteligentes que ajudam a controlar o tempo da refeição e prometem emagrecer. O HAPIFork é um garfo com sensores que identificam o tempo entre uma garfada e outra e emitem um alerta vibratório quando a pessoa for muito acelerada na hora das refeições.

O dispositivo está atrelado a um aplicativo para iPhone ou navegador, que traz o histórico do usuário, o número de garfadas e o tempo da refeição. O talher inteligente tem opções de cores e ganhará uma versão que atualiza os dados via Bluetooth, em meados deste ano, por cerca de US$ 90.

 

A prova de cerveja, suco e refrigerante

A empresa HzO mergulhou smartphones e tablets não só na água, mas em cervejas, sucos e refrigerantes para demonstrar sua tecnologia WaterBlock. A companhia garante que seu sistema de isolamento dos componentes internos do aparelho é o mais eficaz para evitar os acidentes corriqueiros envolvendo gadgets e líquidos. De acordo com representantes da HzO a ideia, já patenteada, será negociada junto a fabricantes de dispositivos móveis, mas ainda não há previsão para a chegada dos primeiros aparelhos com o WaterBlock ao mercado.

 

Inspiração

Em meados deste ano, a Vuzix deve lançar seus óculos inteligentes Smart Glasses M100, para acesso sem fio a aplicações de realidade aumentada, fotos, jogos e informações do smartphone. A comparação ao Google Glass é inevitável ao observar o acessório que tem câmera integrada, botões de controle logo na altura da orelha e roda o sistema Android, do Google. O produto apresentado na CES Unveiled ainda uma versão inacabada, mas a final deve custar US$ 500 nos Estados Unidos.

 

Rohan Marley livre dos fios

Após estrear as caixas de som e fones da House of Marley, que levam materiais recicláveis, na CES do ano passado, o músico Rohan Marley, filho de Bob Marley, volta à atual edição do evento para apresentar a linha de caixas conectadas sem fio pela tecnologia Bluetooth. Os equipamentos incluem materiais como cânhamo e plástico de garrafas pet, além de revestimentos em algodão orgânico. A caixa de som portátil, do tamanho de uma lata de refrigerante, custa US$ 159 enquanto os modelos mais robustos chegam a US$ 800, nos Estados Unidos.

 

Previsão do tempo pessoal

Dois pequenos cilindros de metal, dentro e fora de casa, conectados ao iPhone ou a celulares com sistema Android, são capazes de informar, com precisão, a umidade e a qualidade do ar, a temperatura, o nível de gás carbônico e a previsão do tempo para a residência. Pessoas com alergias respiratórias estão entre os potenciais interessados no Urban Weather Station, afirma a Netatmo, que vende a novidade por US$ 180 nos Estados Unidos e no Canadá.

 

Navegando com os olhos

Tornar o controle de computadores com os olhos comercialmente acessível para portadores de necessidades especiais é a proposta da americana Tobii Technology. O sistema de rastreamento ocular Tobii se assemelha a um pequeno sensor Kinect – o sensor de movimentos para games da plataforma Xbox 360 – mas em menor tamanho.

A barra de cerca de 20 centímetros, que pode ser colocada logo abaixo de um monitor tradicional ou da tela um notebook, lê os movimentos dos olhos e os alia ao comando de uma só tecla. O sistema ainda é caro – o Tobii vai chegar ao consumidor em setembro por US$ 995. “Queremos que o dispositivo seja vendido no varejo e, de forma similar ao Kinect, ganhe aplicações em games, por exemplo”, disse Carl Korobkin, vice-presidente da empresa, ao G1.

Celular de emergência

Um aparelho simples, movido à pilha AA e que dura até 15 anos. O SpareOne chega a parecer um telefone sem fio, mas o design simples tem uma única funcionalidade: servir para emergências. A ideia pode vir a calhar para os consumidores que têm smartphones roubados, perdidos ou mesmo para aqueles que se perdem e ficam sem comunicação. O SpareOne custa US$ 99 para o mercado americano.

 

 Fonte: G1.com.br

 



TAGS

bits tecnologia abras supermer



Veja mais notícias

>> clique aqui para ver todas as notícias

Publicidade

developed by atr2japan Copyright 2012 - 2019 - Abras - Todos os direitos reservados