Banco de Informações de Tecnologia e Equipamentos para Supermercados

Notícias

30/11/2012

Smart Connection e tecnologia 3D lideram desejos do consumidor de eletrônicos

Interatividade e qualidade de imagem se destacam nos novos eletrônicos


O esforço de inovação da indústria para aumentar o valor agregado dos produtos e atrair o consumidor vem focando em dois atributos: interatividade e qualidade de imagem. A constatação é da GfK – quarta maior empresa de pesquisa de mercado do mundo – que realizou auditoria em 84 categorias de produtos eletroeletrônicos no Brasil entre janeiro e agosto de 2012.

Dentro do tema interatividade, aparelhos que possuem conexão com a internet (que inclui desde computadores, smartphones, tablets, videogames e TV conectada à web) agregaram ao mercado brasileiro de eletroeletrônicos mais de R$ 9 bi em relação ao ano passado. Desse montante, mais de um terço se deve ao crescimento de Smartphones (46%) seguida por Smart TVs (43%).



A quantidade de produtos que possuem a smart conection só vem aumentando. Já são 188 modelos de TVs com essa característica contra 79 em 2011, aumento de 138% – e 193 modelos de smartphones com conexão smart contra 143 itens no ano passado, um aumento de 38%.



“O mercado de Smart Connection tem no Estado de São Paulo o maior número de consumidores. E quase 80% das vendas de smart TVs ocorrem em lojas especializadas em eletrônicos”, afirma Oliver Oliver Römerscheidt, Gerente de Negócios acrescentando que a tecnologia touchscreen, também pertencente ao tema Interatividade, apresentou crescimento relevante: “No comparativo entre os dois anos, o salto foi de 32%, sendo que 83% desse crescimento são vendas são referentes a smartphones. Tablets respondeu por 15% do faturamento. Um dado interessante é que o número de marcas de tablets subiu de 4 para 24 e a quantidade de modelos saltou de 8 para 64 de um ano para outro”, completa.

 

Já a qualidade de imagem – produtos com a tecnologia  LED, 3D, blu-ray, zoom acima de 16 ou capitação zoom de imagem acima de 16 mega pixels- turbinou o mercado em R$ 5 bi. A tecnologia 3D foi a que mais agregou valor (aumento de 111% no faturamento). O maior crescimento veio de computadores portáteis (notebooks e netbooks) com tela 3D (41%), superando as TVs (29%). O mercado 3D para computadores passou de 1% no faturamento acumulado janeiro/agosto 2011 para 11% no acumulado 2012. A explicação pode estar na prática do consumidor de baixar filmes para assistir no próprio computador. Ainda que tenha tido o maior crescimento, essa nova categoria ficou atrás de TVs 3D (16%) e câmeras digitais 3D (13%).

Fonte: Assessoria de Comunicação da GfK



TAGS



Veja mais notícias

>> clique aqui para ver todas as notícias

Publicidade

developed by atr2japan Copyright 2012 - 2019 - Abras - Todos os direitos reservados