Banco de Informações de Tecnologia e Equipamentos para Supermercados

Dicas

14/10/2013

Super do Povo: agilidade e segurança com etiquetas eletrônicas


O Super do Povo, supermercado com seis lojas na cidade de Fortaleza, Ceará, inaugurou nova loja equipada com cerca de 10.500 etiquetas eletrônicas de gôndola. Além de facilitar a gestão e melhorar o visual da loja, com a novidade, a rede espera atender os consumidores de todas as classes, inclusive aqueles que procuram por produtos e estabelecimentos diferenciados. A rede Super do Povo, que já está implantando a mesma tecnologia em mais duas lojas, espera automatizar todas as lojas com etiquetas eletrônicas até 2014.

 

Na busca por alternativas que diferenciassem a loja das concorrentes e que chamassem atenção de novos consumidores, a rede Super do Povo viu nas etiquetas eletrônicas a oportunidade de aumentar a confiança do cliente, com uma maior precisão dos preços, já que a tecnologia elimina possíveis divergências de preço entre gôndola e check-out, e melhora a gestão, facilitando o dia-a-dia dos funcionários. “Esta é nossa primeira loja direcionada ao público de classe A, e a implantação das etiquetas eletrônica passam a mensagem de uma loja visionária, já que queremos estar à frente da concorrência com as melhores tecnologias para o varejo”, afirma Francisco Waldecy Filho Junior, gerente de TI da rede.


 

A solução foi fornecida pela Seal, empresa que há 25 anos atua no mercado de soluções dedicadas a processos de automação com código de barras, coletores de dados, redes sem fio e RFID, que proveu também todos os equipamentos de infraestrutura, como antenas, suportes para a fixação das etiquetas e software. De acordo com Junior, as etiquetas da Seal foram as que mais apresentaram segurança, uma vez que possuem comunicação bidirecional, retornando ao sistema caso alguma etiqueta não tenha sido atualizada.


 

Outro ponto de decisão foi a facilidade de uso do software e os relatórios de resposta do sistema. “A solução facilitou e agilizou os processos para o gestor do supermercado. Além da rapidez na troca de preços, os funcionários da loja contam com todas as informações do produto na própria etiqueta e podem realizar promoções estratégicas a qualquer hora do dia”, afirma. O processo de alteração de preços é realizado em menos de cinco minutos e é necessária apenas uma pessoa para fazer a alteração no sistema. Já nas demais lojas onde a troca é manual, são necessários seis funcionários e o processo chega a levar uma hora.


 

Além dos benefícios com a gestão e a maior confiabilidade dos clientes, a loja reduziu em 70% os gastos com a impressão de etiquetas de papel, ribbons e bobinas.


 

A Seal acredita no potencial da região no acolhimento de soluções inovadoras. “É com grande satisfação que implantamos esse projeto na região nordeste. É muito importante para o mercado brasileiro ter empresas do varejo, como a rede Super do Povo, investindo em soluções que inovam e valorizam os seus negócios”, afirma Wagner Bernardes, diretor executivo da Seal.

Fonte: Assessoria de Comunicação da Seal

 



TAGS



Veja mais dicas

>> clique aqui para ver todas as dicas

Publicidade

developed by atr2japan Copyright 2012 - Abras - Todos os direitos reservados